Teste estes 3 cuidados com o seu posicionamento de mercado

Os três pilares para seu posicionamento.

A busca por um melhor posicionamento de mercado traz consigo duas verdades. A primeira, é que não é uma demanda recente. De pequenas a grandes empresas todas buscam uma fatia do mercado que ocupa, nos levando a acreditar que este é um assunto conhecido, sendo assim, não haveria motivo pra trabalharmos com ele por aqui, não é mesmo?

Porém, a segunda verdade é que não faltam estratégias pra desenhar o posicionamento de mercado de uma organização por ai, o que acaba afetando as altas lideranças corporativas com uma distorção do mercado pelo acúmulo de dados para serem trabalhados e, por consequência, um fraco posicionamento de mercado. Por isso, esta é a maior razão para insistirmos neste tema.

Antes de você continuar este texto, preciso me certificar que ele realmente é para você. E pra isso, vou começar falando sobre o que ele não é:
– Este conteúdo não é uma fórmula mágica instantânea para se posicionar melhor no mercado;
– Este conteúdo não é sobre o conceitos de posicionamento de mercado;

Na verdade, este conteúdo é pra você, que quer ter uma mentalidade estratégica, que prioriza a execução prática pra impulsionar o seu posicionamento de mercado!

Se é isso que você está buscando, te desejo uma boa leitura e me coloco a disposição para o que precisar!

Para um melhor direcionamento de recursos, seja ele financeiro, de tempo, energia ou qualquer outro, chegamos em 3 pilares que você deve ter atenção redobrada para não errar. 

 

1) PRIORIZAÇÃO: Seu cliente não quer saber da sua estratégia


Sempre ouvimos falar que de problema o mundo tá cheio, certo?
Um bom produto é aquele que consegue atender as necessidades e sanar as dores de quem compra. Na prática, isto quer dizer que uma pessoa não compra um produto ou serviço, na verdade está comprando uma solução para um problema que ela tem.


Por mais que pareça óbvio, o ponto que quero chegar é que se você gasta mais tempo buscando e definindo estratégia para melhorar seu posicionamento de mercado do que melhorando o atendimento e experiência do seu cliente, você não entendeu ainda o que realmente importa!


Seu cliente deve estar na base da tomada de decisão do seu negócio e mesmo que todo seu processo esteja consolidado e com ótima performance, você precisa, mesmo assim, investir em melhorias contínuas. Seja adicionando novas ferramentas, facilitando o uso ou melhorando a experiência, o foco é entregar maior valor!

 

2) EXECUÇÃO: Mundo instável respostas instáveis


Estamos em um momento em que é impossível acompanharmos tudo o que acontece no mundo e muitas coisas acabam passando despercebidas, gerando a sensação de que sempre estamos ultrapassados, não é mesmo?
Naturalmente, esta sensação nos estimula a sempre buscar mais informações e novas metodologias para aplicar na nossa organização.

O problema aqui não é querer estar atualizado, mas saltar de metodologia em metodologia na busca de uma ferramenta mágica que vai levar o seu negócio para um outro nível.
Estamos em uma era de mudanças e a resposta definitiva não existe. Quer um exemplo disso?

Suponha que sua empresa está sofrendo com problemas de comunicação interna e, você para melhorar esta situação propõe uma arquitetura aberta, pois os modelos de coworking são uma tendência no mercado atualmente que permite a livre circulação de ideias, gerando, inclusive, um ambiente de trabalho propício para a inovação. Se formos encarar esta solução como uma resposta padrão, iremos ignorar o fato de que ambientes assim podem gerar uma perda de contato face a face de 70% como comprova The Royal Society 

O que quero dizer é que uma metodologia que deu certo em um cenário A, pode não funcionar no cenário B por um motivo bem simples, cada organização é única e isso deve ser respeitado! Por isso, o foco em sua organização deve ser executar! Estimule MVPs e não ideias!

E como base para este processo, seu cliente é parte fundamental! 

Confira, e amplie seu conhecimento:

 

3) MENTALIDADE ESTRATÉGICA: Equilibre inovação e consolidação


Atualmente, em um contexto geral, vemos um incentivo muito grande para que organizações inovem. De fato esta é uma mentalidade muito importante que deve estar intimamente ligada com a consolidação do seu negócio.
Basicamente, a inovação permite ganho de velocidade e permanência no longo prazo. Já a consolidação é o que promove força e posicionamento no curto prazo.

E por aqui, não tem mistério!

Utilize a consolidação e a inovação como motores da sua empresa e trabalhe com o equilíbrio desses dois conceitos!
Potencialize melhorias constantes naquilo que te posiciona no mercado e implemente em formato de MVP aquelas ideias que sua organização nunca experimentou na prática.

O equilíbrio está em direcionar 70% de recurso para a consolidação e 30% para a inovação.

Em resumo, para melhorar o seu posicionamento de mercado, foque em disponibilizar as melhores soluções para seus clientes através de melhorias constantes, equilibrando a consolidação e inovação em seu negócio.

Se chegou até aqui e ainda não sabe qual o próximo passo a dar, tomei a liberdade de fazer algumas sugestões:

BORA EXECUTAR!

1) Coloque seu cliente na base. 
2) Desenvolva seu produto através de uma melhoria – Sua empresa não existe sem ele.
3) Trabalhe em rede potencializando seus relacionamentos – Agregue valor para quem faz sentido manter perto.

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *