O que é a execução que tanto falamos?

Como você pode gerar maiores resultados agindo de forma inteligente

Provavelmente este vai ser um dos textos mais curtos que você verá em nosso blog e o motivo é bem simples. Execução não é falada, mas colocada em prática!

Então, nada de textões por aqui, vou ser direto com você e caso tenha alguma dúvida, não deixe de entrar em contato com a gente que vai ser um enorme prazer conversar com um dos nossos leitores. Combinado?

Então vamos lá!

A escada: Alinhamento

Para te trazer na prática como fazemos, trouxemos os 3 pilares principais da execução que sempre trabalhamos quando precisamos recuperar nossa essência ou, principalmente, quando chega uma pessoa nova no time. Só conferir abaixo:

 

Primeiro Degrau: Autoconhecimento

Nada de frases de efeito ou pontos vagos por aqui. Vamos falar de aplicação prática e fatos científicos.

Você sabe como otimizar sua rotina da melhor forma possível? Sem aqueles cansaços ou procrastinações incontroláveis? Ou ainda, quais são seus pontos fortes, fracos, ambientes potencializadores e coisas do tipo?

Muitas das vezes estas são perguntas que temos dificuldade de responder, mas para te auxiliar, separei 3 ferramentas para você ter um controle maior da sua potência e utilizá-la com maior assertividade.

Se o assunto é Execução, você vai precisar dessa potência. Então, bora lá:

  1. CHRONOTYPE QUIZ: Entenda qual o seu biotipo e como potencializar sua rotina!

https://chronoquiz.com/

  1. MBTI: Entenda seu perfil comportamental para potencializar suas ações!

https://www.16personalities.com/br/descricoes-dos-tipos

  1. VIA CHARACTER: Entenda quais são suas habilidades por completo:

https://www.viacharacter.org/

 

Segundo Degrau: Ignorância

Você só sabe como fazer algo depois de ter feito. Talvez nem depois disso!

Não sabemos qual vai ser o resultado de uma ação até realmente executar na prática. Por essa razão, precisamos gerar volume nas ações para testar e decidir qual implementar. Para isso, vale a regra do pensamento preguiçoso. Como você consegue testar sua ideia minimamente em, no máximo, 20 minutos de esforço. Caso você se sinta inseguro ou insegura em executar, o terceiro degrau tem justamente este foco: Como colocar na prática a execução.

 

Terceiro Degrau: Prototipação

Quantas vezes você não pesquisou como seu uma pessoa mais produtiva no Google. Ou ainda, mesmo depois de tantas conversas com várias pessoas, você ainda tem dúvida de por onde começar alguma ideia.

Não se iluda, você só conseguirá encontrar as respostas daquilo que dá certo pra você ou na sua empresa se você mesmo colocar em prática. Conteúdo e experiência ajudam muito, mas só a validação em campo pra te dar essa segurança que fez um bom trabalho.

Para trazer para execução foque em dois pilares: Escala e Impacto:

ESCALA: Servirá para reduzir o risco ou receio que você tenha. Teste em um grupo menor de pessoas, com amigos ou até mesmo familiares se o risco for muito alto. Mas não demore! Não leve mais de 20 minutos para seu primeiro plano ação.

IMPACTO: Busque trazer a melhor experiência do usuário por aqui nas condições que você tem atualmente. Nada de perfeccionismo, ein?! Para, assim, coletar todas as percepções e tomar a decisão do que você pode cortar que não faz sentido e aquilo que você pode potencializar ainda mais.

Exemplo Prático:

  1. PROBLEMA: Comunicação do time está ruim!
  2. IDEIA: Trocar a plataforma de comunicação online para uma mais completa
  3. PENSAMENTO PREGUIÇOSO: Colocar algumas pessoas na empresa para testar
  4. ESCALA: Rodar com apenas 3 pessoas do menor departamento da empresa
  5. IMPACTO: Vídeo explicativo curto apresentando todas as funções da nova plataforma

Como te disse, este é um dos textos mais curtos por aqui e com muita aplicação prática em torno dele. Nos mande uma mensagem para conversarmos sobre a execução para pessoas e para empresas que ficaremos muito felizes em te atender!

Mas agora,

#BORAEXECUTAR!

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *