Metodologia DISC

Metodologia DISC: o que é e como aplicar na gestão de pessoas

Descubra o que é a metodologia DISC, como ela foi criada e quais são os seus principais perfis.

Se você fosse pensar em uma pessoa para assumir como líder do time de finanças da sua empresa, quais características ela deveria ter? Esse profissional precisa ser um bom comunicador? Amar planejamentos e listas? Colocar a mão na massa com os seus liderados? Se está difícil encontrar uma resposta, você pode utilizar a metodologia DISC para chegar a uma solução!

Neste texto, você entenderá o que é esse método de análise comportamental, quais as características de cada um dos seus eixos e como fazer esse teste na prática para mapear os perfis dos seus colaboradores e direcioná-los para as melhores posições da empresa.

Vamos lá?

O que você verá neste post:

  1. O que é metodologia DISC?
  2. Quais são os quatro perfis do DISC?
  3. Como funcionam os dois eixos comportamentais?
  4. Como são as lideranças de cada perfil DISC?
  5. Quais as vantagens de utilizar a metodologia DISC?
  6. PDA x DISC: qual a melhor metodologia?
  7. Como fazer o teste DISC?
  8. Queremos saber: qual é o seu perfil DISC?

Quer descobrir qual as habilidades do futuro para buscar em seus próximos colaboradores? Baixe o e-book abaixo!

1. O que é metodologia DISC?

A metodologia DISC é um método empregado para a avaliação comportamental, sobretudo no meio profissional. Ela é baseada na teoria do psicólogo William Moulton Marston (sim, o criador da mulher-maravilha) em que o ser humano pode apresentar quatro principais padrões de comportamento:

  • Dominância;
  • Influência;
  • Estabilidade;
  • Conformidade.

A principal utilização do DISC é em categorizar os comportamentos das pessoas em relação a si mesmas e ao ambiente em que elas encontram. Dessa forma, elas poderão otimizar seus pontos fortes e melhorar seus pontos fracos conforme os seus objetivos de carreira e funções atuais em uma organização.

2. Quais são os quatro perfis do DISC?

Agora que você já sabe o que é a abordagem DISC e como ela foi criada, está na hora de nos aprofundarmos nas principais características de cada um desses perfis e, principalmente, como eles se comportam no ambiente de trabalho.

D – Dominante

O perfil dominante é presente em pessoas que são assertivas, decididas e que trabalham de forma orientada a resultados. Esse tipo de colaborador adora desafios, é competitivo e não tem medo de assumir riscos.

I – Influente

A pessoa que tem o eixo de influência como predominante em seu teste DISC apresenta um alto grau de socialização, entusiasmo e comunicação. Ela passa boa parte do tempo de serviço interagindo com os colegas, chefes e clientes, conseguindo persuadi-los e influenciá-los.

E – Estável

Colaboradores que fazem parte do perfil Estável são pacientes, leais e metódicos. Seus valores se baseiam na segurança, cooperação e harmonia no ambiente de trabalho. São ótimos ouvintes e preferem trabalhar em ambientes previsíveis.

C – Conforme

Já quem apresenta um alto nível de Conformidade costuma ser analítico, preciso e detalhista. Esse profissional gosta de regras, qualidade e precisão em tudo o que faz. Prefere seguir procedimentos previamente estabelecidos e é bastante detalhista.

É importante ter em mente que uma mesma pessoa pode ter um alto nível em mais de um perfil, além de que essas inclinações não são permanentes. Ou seja, uma pessoa que inicialmente tenha um perfil Dominante pode aumentar o seu nível de Influência, caso queira e trabalhe para isso.

3. Como funcionam os dois eixos comportamentais?

Além dos quatro perfis, podemos analisar a metodologia DISC por meio de dois eixos principais: o eixo horizontal, que representa o nível de introversão e extroversão do colaborador e o eixo vertical, que elucida sobre a relação da pessoa para tarefas ou relacionamentos no seu dia a dia profissional.

Eixo horizontal: introversão x extroversão

Se fizermos uma cruz separando os quatro perfis comportamentais, teríamos a linha horizontal com os tipos mais introvertidos (Estável e Conforme) em uma ponta e extrovertidos (Dominância e Influência) na outra.

Os profissionais com perfis mais extrovertidos tendem a ser mais sociáveis e se sentem mais energizados quando participam de atividades de interação social. Já os introvertidos são mais reflexivos e reservados, preferindo ambientes mais calmos.

Eixo vertical: tarefas x relacionamentos

Já a linha vertical aponta quais são os perfis orientados para tarefas, focando seu trabalho em atingir objetivos e resultados (Dominante e Conforme) e aqueles profissionais voltados para a criação de relacionamentos e valorização da interação humana (Influente e Estável).

Clique no banner abaixo para descobrir se você tem o que é preciso para liderar equipes!

4. Como são as lideranças de cada perfil DISC?

Talvez você pense que o perfil Dominante seja o mais indicado para lideranças, mas ter líderes com diferentes perfis pode ser uma maneira interessante de focar os times nas características mais necessárias para as suas atividades específicas.

Pensando nisso, confira as características dos líderes de cada um dos padrões DISC a seguir.

Liderança Dominante

O líder Dominante focará o seu time no alcance de metas e resultados. Eles são rápidos em tomar decisões e solucionar problemas. Também podem ser vistos como autoritários pelo resto da equipe, porém a sua determinação faz com que o time atinja os seus objetivos.

Liderança Influente

Um time com um líder Influente tem um ambiente de trabalho inclusivo e animado. Esse tipo de liderança costuma motivar e inspirar seus liderados por meio de sua visão envolvente e positiva. Entretanto, podem deixar a desejar nos detalhes e na organização.

Liderança Estável

Já um líder com Estabilidade dominante incentivará o time a trabalhar mais em equipe, além de ser um ótimo ouvinte para os seus liderados e oferecer suporte constante. Porém, pode ter certa relutância às mudanças rápidas.

Liderança Conforme

Por último, temos o líder Conforme, que será meticuloso e focado em processos e normas. Sua equipe com certeza entregará trabalhos com alta qualidade e precisão, porém podem reclamar de sua liderança inflexível e crítica.

5. Quais as vantagens de utilizar a metodologia DISC?

Utilizar a metodologia DISC dentro do seu ambiente de trabalho pode oferecer diversos benefícios para gestores, líderes e colaboradores. Conheça algumas dessas vantagens a seguir.

Melhora a comunicação interna

Um dos primeiros benefícios que podem ser observados ao incluir este método de análise comportamental na gestão de pessoas em sua empresa é a melhora na comunicação interna, já que a organização e os profissionais se adaptarão a cada indivíduo, diminuindo mal-entendidos e aumentando a clareza das interações.

Desenvolve lideranças

Com os seus líderes tendo os seus perfis DISC devidamente mapeados, eles poderão identificar os seus pontos fortes, bem como as áreas que eles precisam melhorar. Ao mesmo tempo, a empresa poderá promover treinamentos e cursos que sejam voltados para essas lacunas de habilidades.

Forma equipes eficazes

Uma ótima equipe é aquela formada por colaboradores de diferentes personalidades e habilidades, e a metodologia de análise comportamental permitirá com que você faça esse balanceamento de maneira mais efetiva. Como resultados, você terá aumento de desempenho, criatividade e resolução de problemas.

Aumenta a produtividade

Direcionando seus profissionais para cargos que façam mais sentido com o seu perfil DISC, eles conseguirão desempenhar suas funções de maneira mais rápida e eficiente, aumentando a sua produtividade.

Reduz conflitos

A avaliação DISC também pode ser usada como uma maneira de entender certos comportamentos e reações de alguns colaboradores. Por exemplo: um profissional com perfil Dominante pode sugerir um prazo agressivo sem considerar os desafios pessoais do restante do time.

Otimiza o recrutamento e seleção

Utilizar este teste de análise comportamental nas etapas de recrutamento e seleção para a sua empresa fará com que você possa identificar os candidatos que tenham características comportamentais que estejam mais adequadas com a cultura organizacional e necessidades do cargo.

Quer aprender a como construir uma equipe de alto desempenho para a sua empresa? Então clique no banner abaixo e confira o nosso conteúdo com as principais dicas!

6. PDA x DISC: qual a melhor metodologia?

O PDA (Personal Development Analysis) é outro método de avaliação comportamental, porém apresenta algumas diferenciações em relação ao modelo DISC. Veja a seguir quais são elas e identifique a melhor estratégia para a sua empresa.

Base teórica

Enquanto o DISC se baseia na teoria de William Moulton Marston, o PDA considera a teoria dos temperamentos de Hipócrates, além de combinar elementos da psicologia moderna. Dessa forma, ele avalia comportamentos predominantes, bem como motivações, estresses e reações emocionais.

Foco da avaliação

O foco da metodologia DISC é identificar estilos de comportamento e como eles interagem em um ambiente específico. Já o PDA busca não apenas avaliar comportamentos, mas também estudar motivadores internos e como eles influenciam o desempenho do colaborador e sua adaptação ao ambiente de trabalho.

Aplicação

O DISC é comumente aplicado em ambientes corporativos, principalmente para melhorar a relação interna, estruturação de equipes, desenvolvimento de lideranças e resoluções de conflitos. Já o PDA também pode ser aplicado em estratégias de planejamento de carreira e gestão de mudanças organizacionais.

E quando utilizar cada uma dessas metodologias?

O método DISC oferece informações do colaborador voltados para a sua comunicação e interação com colegas. Por isso, você pode utilizá-lo para formação de equipes, desenvolvimento de lideranças e resolução de conflitos.

Já o PDA revela informações relacionadas a aspectos internos daquele colaborador e como ele lida e enxerga a própria carreira. Dessa forma, é mais indicada para situações de aprimoramento pessoal e planejamento de carreira.

7. Como fazer o teste DISC?

O teste DISC pode ser feito de duas principais maneiras: uma delas é por meio de questionários on-line, disponibilizados gratuitamente pela internet, ou por meio de testes personalizados e ministrados por profissionais de Recursos Humanos.

Sites especializados

Se você optou por fazer o teste de análise comportamental on-line, é importante escolher uma plataforma que seja confiável e com metodologia validada. Nela, o participante responderá uma série de perguntas relacionadas às suas preferências comportamentais e, ao terminar todas as questões, receberá o seu resultado.

Profissionais de RH

Se você quer um resultado mais específico e confiável, poderá contar com consultorias ou profissionais de Recursos Humanos que apliquem o teste DISC em seus processos seletivos

Dessa forma, é possível adicionar informações relacionadas ao comportamento e fala do candidato durante a entrevista para direcionar o perfil que mais combina com aquele profissional.

8. Queremos saber: qual é o seu perfil DISC?

E então? Está pronto para utilizar a metodologia DISC na sua empresa? Mapeando os perfis dos seus colaboradores, você conseguirá melhorar a comunicação interna e aprimorar o potencial de cada colaborador!

Está buscando uma empresa séria para aplicar a metodologia DISC em seus processos seletivos, ou até mesmo para fazer a captação dos talentos mais alinhados com os valores e habilidades necessárias para a sua organização? Clique no botão abaixo e fale com um dos nossos consultores!

Recommended Posts