Ative a sua inteligência Emocional

Ative a sua Inteligência Emocional

O trabalho é potencializado pelo emocional, entenda como garantir que este esteja a seu favor.

Quando falamos de Inteligência Emocional é comum vermos em algumas rápidas pesquisas no Google, dicas muito tradicionais sobre o assunto. Na maioria delas, existe a máxima de que é preciso dividir vida pessoal e profissional. E o FaçaAgora! está aqui para desmistificar isso e proporcionar exercícios práticos e eficientes sobre a aprendizagem emocional.

Podemos começar com justamente essa missão utópica. Imagine um profissional que trabalhe diariamente atendendo telefone e resolvendo problemas de clientes, tarefa que exige paciência e muita cautela para ouvir e tratar das solicitações. Porém, ele acaba de sofrer uma perda importante em casa.

Como você acredita que vai ser o desempenho desse profissional quando voltar ao trabalho ?

Somos um só, nossas atitudes e emoções vão refletir em nossas atividades, não importa o ambiente. Para isso, temos alguns exercícios e focos diferentes para destacar.

Autoconhecimento

Para prática do autoconhecimento, é preciso aguçar a habilidade da observação. Nesse sentido entender quais as nossas principais reações em algumas situações é o primeiro passo. Existem aqueles que tornam isso parte da rotina, afinal é um processo constante e que demanda tempo.

No caso, te convido a realizar essa prática durante uma semana por mês e então você pode promover realizar com mais frequência. A ideia é reservar um pequeno tempo ao dormir para escrever todos os sentimentos, ou reações que teve durante o dia.

Podendo perceber então, quais são as mudanças de humor e quando são os momentos que se repetem, para poder evitar ou contornar qualquer momento mais sensível ou delicado.

Motivação

Agora que já temos uma forma para observar nossas reações diante das diferentes situações, passamos para a energia que faz a gente dar continuidade às tarefas diárias.

Existem quatro pontos principais de gatilhos motivacionais, o intuito é descobrir quais deles são ativados para cada uma das tarefas realizadas cotidianamente.

  1. Individual: Muito associado a atividades como estudos, ou práticas espirituais, esse primeiro gatilho estimula o crescimento próprio, seja a nível profissional ou a nível pessoal. Onde a motivação para realizar a tarefa é exatamente o desenvolvimento individual;
  2. Equipe: Neste segundo caso, o gatilho motivacional envolve as pessoas que trabalha ou convive com você. Tarefas importantes para uma entrega em conjunto, ou que é passo intermediário de um processo muito maior. Onde o estímulo para finalizar as tarefas é justamente a entrega para todo o time;
  3. Cliente: Difere-se do item anterior no aspecto de entrega. Enquanto para o gatilho de equipe a entrega e tarefa é definida para pessoas que estão na mesma posição que a nossa. Para o Cliente associa-se o estímulo da entrega pensando em quem vai receber o produto final.
  4. Instituição | Organização: O último gatilho envolve justamente o fim do produto. Definido pela instituição, empresa, ou propósito organizacional. Estar motivado e estimulado com o porquê daquela tarefa ou atividade existir.

Agora a sua missão é atribuir um gatilho para cada uma das suas tarefas, e assim, quando a disposição não estiver a seu favor, relembre qual dos gatilhos comove a tarefa em questão.

Na prática

Se formos resumir o conteúdo de maneira a promover a inteligência emocional durante o desempenho das atividades, temos:

A observação para diagnosticar os momentos que humor mais favorece; Se atentar qual o estímulo envolve cada uma das atividades cotidianas

E assim você consegue manipular suas tarefas durante o dia, semana e mês, respeitando seu emocional e potencializando a eficiência e desempenho.

Bora Executar!