5 fatores que atrasam o fechamento de vaga

Entenda o que pode estar prejudicando a sua empresa a fazer contratações assertivas de novos profissionais em menos tempo

 

Toda empresa que possui uma vaga em aberto, deseja fechá-la o mais rápido possível. Isso se dá porque o processo de recrutamento e seleção demanda muito investimento, esforço, energia e atenção do RH e dos gestores. Por ser uma escolha muito importante para o futuro da empresa, a contratação desse novo profissional precisa ser bastante assertiva, portanto bem analisada.

Além disso, no caso de uma vaga que surgiu a partir de um desligamento, é importante encontrar o novo profissional ideal para ocupá-la a fim de evitar um desfalque na equipe, e sobrecarga nos outros membros.

Ter atraso no processo de fechamento da vaga pode trazer diversos prejuízos para a empresa, como perda de capital, desmotivação da equipe e impacto negativo no employer branding e no clima organizacional em geral.

 

O tempo de fechamento de vaga

O tempo de fechamento de vaga em uma empresa é chamado de SLA (Service Level Agreement), e serve como parâmetro para dados importantes sobre as contratações, sendo um indicador eficiente e qualitativo. 

Esse parâmetro é um dos mais importantes para o RH, pois proporciona muitos insights de como devem ser os processos de contratação no futuro para que a equipe não seja prejudicada, assim como o bom andamento do negócio. 

 

1. Recrutamento do tipo errado

Existem basicamente dois tipos de recrutamento: o de linha passiva, que é quando as vagas são divulgadas pela empresa, e os candidatos interessados se inscrevem em seu processo seletivo; e a de linha ativa, quando um recrutador vai em busca dos candidatos propondo a vaga para eles. Os dois tipos de recrutamento possuem vantagens e desvantagens em cada caso, portanto é importante escolher o método mais adequado para a sua empresa, a fim de conseguir boas contratações em menos tempo. 

2. Vagas divulgadas nos canais errados

A divulgação das vagas, caso o tipo de recrutamento escolhido tenha sido o passivo, deve ser feita de forma assertiva nas plataformas em que os melhores candidatos vão ser capazes de encontrar. Esse é um dos pontos cruciais para a redução do tempo de fechamento de vagas. 

 

3. RH mal estruturado

Para que o recrutamento seja efetivo e não sobrecarregue a organização, é necessário que o RH tenha uma estrutura consolidada, que comporte as atividades necessárias para a avaliação e seleção dos candidatos em tempo hábil. E isso sem que as demais funções de rotina do departamento sejam deixadas de lado.

Caso o RH da sua empresa esteja nessa situação de má estruturação, é vantajoso contratar o serviço de uma empresa como o FaçaAgora!, que terceiriza o processo de recrutamento e seleção, servindo como aliado enquanto o RH continua atuando nos demais processos internos. 

4. Falta de dados para análise

Um recrutamento feito de forma assertiva e estratégica gera um banco de dados que devem ser analisados de modo a aprimorar os próximos processos, prever melhor os prazos e melhorar a comunicação entre gestores, recrutadores e candidatos. 

Quando a coleta ou a análise de dados não são feitas, a tendência é que o fechamento da vaga atrase, porque não foi feito um planejamento baseado em experiências anteriores que desenhariam o fluxo de contratação com maior precisão.

5.  Oferecer uma vaga abaixo do mercado

Em setores muito competitivos, como o de tecnologia, a alta demanda por profissionais qualificados eleva o padrão para as contratações, especialmente nos níveis seniores. Se a vaga que sua empresa estiver oferecendo tiver salário, benefícios e condições de trabalho abaixo do nível do mercado, e também um employer branding bem consolidado, naturalmente encontrará dificuldade em fechar a vaga com uma boa contratação. 

 

A contratação ideal

A contratação do profissional ideal para a vaga só vai ser feita em tempo curto se o processo de recrutamento e seleção for assertivo, bem planejado e baseado em dados, oferecer benefícios compatíveis com os do mercado, for bem divulgado e bem direcionado. 

Para te ajudar nessa tarefa, separamos um blog post sobre fit cultural, que é um dos critérios de seleção mais importantes para garantir que o profissional contratado tenha sinergia com o restante da equipe e da organização.

Recommended Posts