O que é e como medir o Fit cultural 

Não adianta ter o maior talento do mercado se ele não se identificar com a sua empresa. 

 

Você provavelmente já ouviu falar que o maior ativo de uma empresa são as pessoas, certo? Errado! Preferimos dizer que o maior ativo de uma empresa são as pessoas certas nos lugares certos. Esta simples alteração na frase faz com que o processo de contratação seja cada vez mais assertivo, pois direciona o foco para a busca de pessoas certas.

Na prática, para conseguir contratar a pessoa certa pro lugar certo, é preciso medir o alinhamento cultural que existe entre candidato e empresa. Este alinhamento é chamado de fit cultural.  

Para entender mais sobre isso veremos neste texto 

 

O que é fit cultural 

Em uma empresa existem características nas ações, no comportamento que vão além de regras a serem seguidas pelas pessoas e que moldam as atividades realizadas por todas as pessoas. Uma definição de cultura, dada pelo FaçaAgora! é o que as pessoas fazem quando seus líderes não estão por perto.  

A partir disso, o Fit cultural é o alinhamento que existe entre uma pessoa e a cultura da empresa. Quanto maior o fit cultural, melhor será a retenção, performance e clima da sua equipe.

 

Quais os benefícios do Fit cultural  

Quanto maior o Fit cultural, maiores serão os ganhos na contratação. Perceba alguns dos principais:

1. Aumento da retenção

Segundo pesquisa realizada em 2016 pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), a alta rotatividade atinge 40% das empresas brasileiras. É possível combater este cenário de maneira expressiva ao se realizar uma boa verificação do fit cultural, pois assim, garantimos que há uma maior identificação de cada colaborador com a empresa em que trabalha.

 

2. Aumento de performance 

Quando há um alto fit cultural entre o colaborador e empresa, existe uma motivação maior das pessoas em querer fazer parte e, consequentemente, trabalhar de forma mais engajada.

 

3. Aumento do clima organizacional

 Ao contratar pessoas que possuem alto fit cultural para a empresa, estamos contratando colaboradores que compartilham dos mesmos princípios e valores, por isso, tendem a ter maior sinergia de trabalho.

 

Como medir o fit cultural?

Agora que você entende os benefícios do fit cultural, é preciso colocá-lo em prática. Para isso, separamos duas etapas que você pode começar a fazer agora mesmo. Vamos lá!

 

Primeira etapa: Estruturação interna

Para conseguir verificar o alinhamento entre a empresa e os candidatos, é necessário mapear e entender qual é a cultura predominante na empresa.

Para isso, separamos algumas perguntas que podem ser feitas:

  • O que nós mais valorizamos no dia a dia de trabalho?
  • O que nos move todos os dias?
  • Onde queremos chegar?
  • Como é o dia a dia de trabalho?
  • Como são as relações entre as pessoas?
  • Como tomamos decisões?

 

Após coletar as respostas destas perguntas, é necessário realizar um compilado de modo que se obtenha a descrição da cultura da empresa. Com este mapeamento é possível entender a cultura não só pela Missão, Visão e Valores de uma organização, mas também como ela se manifesta na prática diariamente.

 

Segunda etapa: Avaliação dos candidatos

Após o mapeamento e entendimento da cultura da empresa, o principal objetivo é identificar entre os candidatos, aquele que possui maior alinhamento cultural.

Você pode mapear este alinhamento de diversas formas, mas deixamos alguma delas por aqui para que você consiga implementar hoje mesmo:

 

1. Faça uma boa entrevista:

Colete exemplos com o candidato. Perguntas do tipo “Como lida com pressão?” Podem ser substituídas por “Me conte uma situação em que você lidou sob pressão e como lidou”. Assim, você poderá verificar se o comportamento do candidato há alinhamento com a cultura da sua empresa que você coletou.

 

2. Realize dinâmicas

Dinâmicas são excelentes para entender como o candidato trabalha em equipe. Neste momento, você pode perceber como as pessoas lidam umas com as outras, como tomam decisões, o que priorizam e muito mais. O importante é, mais uma vez, você avaliar o alinhamento entre o comportamento do candidato com a cultura da empresa.

 

3. Faça uma pesquisa

Caso você não se sinta confortável com os métodos anteriores, você pode realizar uma pesquisa para buscar metrificar a cultura. Para isso, após a coleta e entendimento da cultura da empresa, crie um questionário com perguntas situacionais de múltipla escolha.

Em seguida, rode este formulário com os colaboradores atuais da empresa. As alternativas que tiverem maior volume de respostas será o seu gabarito sobre a cultura.

Mas atenção: Este método de avaliação não deve ser desclassificatório em um processo seletivo, deve ser encarado apenas como uma ferramenta a mais para direcionamento das tomadas de decisões.

 

4.  Analise o currículo

Por fim, caso nenhum dos métodos anteriores tenham te dado a confiança necessária para trabalhar o fit cultural nas contratações da sua empresa, busque analisar o currículo dos candidatos. Além de olhar as competências técnicas que uma pessoa pode ter, certifique que as competências comportamentais também serão levadas em consideração. 

Observação: Todos os métodos utilizados são apenas referências de como se pode trabalhar o fit cultural na prática na sua empresa. Utilize com responsabilidade e caso possua alguma dúvida na implementação, nos mande uma mensagem que estaremos prontos para te ajudar.

Quem pode me ajudar com Fit cultural

O FaçaAgora! possui experiência em identificação de Fit cultural de candidatos em processos de recrutamento e seleção. Só em 2021  trabalhamos no desenvolvimento de 164 empresas, sendo uma delas a AMBEV. 

Caso queira conhecer mais sobre nossas soluções basta clicar no botão abaixo!

Recommended Posts