Gestão Empresarial: o que é, a sua importância e como aplicá-la

A gestão empresarial é uma das grandes responsáveis pela manutenção e crescimento de uma organização no mercado

 
 

Ao visualizar o mercado você, sem dúvidas, já se perguntou “Como existem empresas que conseguem crescer ano após ano, enquanto a grande maioria fecha as portas?”. A resposta está na chamada Gestão Empresarial. Grande parte das empresas deixam de ter a atenção necessária e não estruturam seus processos para alcançarem os resultados desejados.  Existe um ponto em comum em grande parte das empresas que não se atentam à negligência: a Gestão Empresarial.  

Uma pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostrou que no ano de 2015 houveram mais empresas sendo fechadas do que sendo abertas no Brasil. O ponto comum entre todas as empresas foi a falta da gestão empresarial, isto porque os pequenos e médios empresários achavam que só era necessário apenas quando a empresa atingisse patamares ainda maiores. 

Com essas informações em mãos é preciso olhar com cuidado para este aspecto que é importante para qualquer empresa. Por isso, preparamos este artigo em que você descobrirá como fazer a sua organização crescer ainda mais. 

Você irá entender:

 

O que é gestão empresarial

A gestão empresarial visa organizar a utilização dos recursos disponíveis, através da estruturação de projetos com objetivos bem definidos que estarão em alinhamento com a estratégia, gestão e operação de cada um dos setores. 

Por isso, antes de entender como elaborar um plano de gestão empresarial é necessário saber principalmente por que a empresa foi criada, quais seus objetivos a curto e longo prazo, onde encontram-se as brechas no mercado e os principais desafios que irão enfrentar, uma vez que a gestão existe para não só manter o que já foi construído até aqui, mas, também, para auxiliar no crescimento empresarial.

Em síntese, gestão empresarial é como gerir os recursos para se obter os melhores resultados. Mas, antes de sabermos como fazer uma excelente gestão, que tal seguirmos igual ao Simon Sinek, autor britânico, e entendermos por que a gestão empresarial é tão importante para as organizações. 

 

A importância da gestão empresarial 

Como vimos, a gestão empresarial passa pela metodologia para gerenciar todos os setores da empresa, potencializando cada um deles para chegar ao objetivo final. 

Inicialmente a gestão ajuda na estruturação de setores, visando estabelecer:

  •  Quais os principais processos serão realizados ali, que impactam diretamente nos resultados;
  • Quem são as pessoas responsáveis por cada etapa do processo;
  • Objetivos bem definidos para cada setor que vão de encontro com o pré estabelecido para a empresa como um todo. 

Além disso, a gestão empresarial garante uma melhor interligação entre diferentes áreas, estabelecendo um ponto comum para onde todos irão caminhar. Assim, cada departamento consegue manter seus colaboradores engajados com os objetivos do setor e gerais da organização. 

Portanto, apesar do nível alto de complexidade a gestão é capaz de manter a empresa alinhada com o seu planejamento estratégico, através do entendimento dos desafios enfrentados pela organização.

 

Qual o tipo de gestão empresarial mais indicado?

Em um mercado cada vez mais competitivo e em constante mudança, não podemos deixar de falar sobre a necessidade de modelos ágeis de gestão. Quando colocamos uma alta burocracia para mudanças, estamos fadados a enfrentar muitas dificuldades de se manter no mercado.

Por isso, atualmente um modelo de gestão ideal tem sido a organização ambidestra. Nele vemos empresas que visam não só manter o patamar conquistado até o momento, mas pensar no futuro, utilizando de mudanças rápidas para obtenção de melhorias nos processos e consequentemente nos resultados.

 

Como aplicar a gestão empresarial 

Mesmo entendendo sua importância, ainda corremos o risco de não saber como operacionalizar esse processo. Por isso, separamos 4 pontos essenciais para iniciar o processo de gestão:

 

1. Planejamento

Esta etapa é a primeira pois norteia todas as outras decisões que você precisará tomar daqui para frente. No planejamento precisamos entender quais brechas existem no mercado, como sua empresa irá atuar, quais serão seus principais objetivos, em quais setores estão cada etapa do processo e quais recursos financeiros a empresa dispõe ou precisará para começar a colocar o plano em prática. 

Vale salientar que nesta etapa existem várias ferramentas que podem ser utilizadas como Análise Swot, Canvas, Mapas de Empatía, Matriz BCG entre outras. Esteja sempre atento para possíveis mudanças de planejamento,já que o mercado precisa de empresas que se adaptem rapidamente para não dar chance à concorrência. 

 

2. Equipe 

De nada adianta ter objetivos alinhados e plano de negócios bem estruturado se você não dedicar esforços para a construção de um bom time. 

Para te auxiliar nesse processo temos um conteúdo incrível que irá te ajudar a construir um processo seletivo assertivo, que não só irá atrair ótimos participantes, mas também, conseguirá selecionar os melhores profissionais para fazer a diferença na sua organização.

Esta etapa é importante porque existe uma forte concorrência para ter bons profissionais em sua organização. Além do processo de seleção, é necessário criar mecanismos para reter colaboradores a fim de manter um time sólido e consistente para atingir não só os objetivos de curto prazo. 

 

3. Indicadores de desempenho

Não menos importante que os demais, precisamos estabelecer critérios que servirão de base para sinalizar quais “parafusos” da organização precisam ser ajustados. Em cada setor devemos ter indicadores que sinalizem possíveis melhorias ou falhas nos processos. A partir disso você poderá estabelecer critérios para visualizar se os resultados estão além ou aquém dos esperados. 

Portanto, é recomendável que todos os setores façam a gestão de dados para que ao serem marcados alinhamentos semanais ou mensais todos consigam visualizar e estabelecer novas estratégias e formas de trabalho focadas no crescimento da organização. 

 

4. Tecnologia 

Com vários pontos a serem analisados, podemos contar com a ajuda de softwares de análise que geram diagnósticos rápidos e precisos para que a empresa não seja burocrática nas mudanças necessárias.

Vimos que precisamos estabelecer uma gestão ágil e ser uma organização ambidestra, a fim de manter tudo que é construído, mas também buscar crescer e desenvolver a organização para crescimento no mercado, e, sem dúvidas, utilizar tecnologias ajudam as empresas a convergir para a evolução.

 

Quem pode te ajudar na construção e aplicação da gestão empresarial 

O FaçaAgora! é a solução completa para o backoffice da sua empresa, atuando na atração, recrutamento, retenção e desenvolvimento de talentos para organizações. Além disso, contamos com diversos programas de desenvolvimento empresarial e consultorias de gestão. 

Caso queira conhecer mais sobre as nossas soluções, basta clicar no botão abaixo!

Recommended Posts