5 erros cometidos na hora de contratar novos colaboradores

Tão importante quanto saber o que fazer para melhorar os resultados do seu processo seletivo, é conhecer aquilo que pode prejudicá-lo.

 

A contratação de profissionais qualificados não é cara, mas se torna quando não temos as pessoas certas nos locais certos. Com isso, um processo seletivo bem organizado é determinante para o sucesso de uma empresa.

Se você quer entender as melhores maneiras de otimizar e construir um processo seletivo mais assertivo, esse texto é para você!

Nele vamos falar sobre 5 erros cometidos na hora de contratar novos colaboradores, que são:

  1. Divulgar a vaga de forma errada;

  2. Contratar por afinidade;
  3. Não conhecer o perfil desejado;
  4. Não avaliar habilidades comportamentais;
  5. Não se atualizar em relação às tendências do mercado.

Prepare o seu café e bora entender melhor sobre cada um deles!

1 – Divulgar a vaga de forma errada

Um dos principais erros do processo de contratação acontece logo em suas etapas iniciais, na divulgação da vaga. O posicionamento em locais mal planejados pode atrair colaboradores ruins e desalinhados com os objetivos da empresa.

Entender quais são os meios de comunicação mais estratégicos aumenta a efetividade do processo e faz com que a organização poupe tempo e dinheiro. Para isso, é fundamental que se tenha um público-alvo bem definido, afinal, cada vaga possui as suas particularidades.

 

2 – Contratar por afinidade

Trabalhar com indicações para o preenchimento de determinada função pode ser positivo a depender do contexto, mas é importante ter cuidado com o nível de influência que isso terá na decisão final de contratação. 

Colocar a amizade na frente do profissionalismo não é uma boa ideia! O recrutador deve respeitar os procedimentos realizados com os demais candidatos e avaliar sempre se as indicações cumprem com os requisitos da vaga.

 

3 – Não conhecer o perfil desejado

Para saber se o colaborador tem as qualificações necessárias para um cargo não basta uma breve entrevista ou a leitura do currículo. É preciso de um processo mais criterioso e assertivo. 

A organização deve definir, estrategicamente, as competências e habilidades fundamentais para a vaga, bem como a forma que serão utilizadas na construção dos critérios de seleção. 

Conhecer o perfil desejado, além de auxiliar na tomada de decisão, contribui para a redução do turnover, indicador que mensura a quantidade de colaboradores que deixam a empresa durante um determinado período.

4 – Não avaliar habilidades comportamentais

Segundo estudo realizado pela Page Personnel, nove em cada dez colaboradores são contratados por seu perfil técnico e demitidos pelo comportamental.

Mapear o perfil comportamental do colaborador facilita a compreensão de como será a sua atuação no dia a dia da função. Além disso, conseguimos entender se ele possui Fit Cultural com a empresa, que é a capacidade do colaborador se adaptar aos valores e propósitos da organização.

 

5 – Não se atualizar sobre as tendências do mercado

O mercado é dinâmico. Portanto, se o profissional de Recursos Humanos não se atualizar sobre as suas principais tendências, infelizmente perderá os melhores talentos para outras organizações.

Assim como os candidatos à vaga devem entender as expectativas que a empresa tem sobre a vaga, a empresa também deve entender sobre as expectativas dos candidatos, principalmente, quanto às suas pretensões salariais e aspirações para o futuro da carreira profissional.

Quer evitar os principais erros do processo de contratação mencionados aqui e muitos outros existentes?

O FaçaAgora! possui experiência na identificação de talentos e redução de turnover. Somente em 2021, trabalhamos no desenvolvimento de 164 empresas, sendo uma delas a AMBEV. 

Caso queira conhecer mais sobre nossas soluções, basta clicar no botão abaixo!

Recommended Posts