Conheça 4 prejuízos de uma má contratação e como evitá-los
A contratação de novos colaboradores não é cara, mas pode se tornar quando feita de maneira equivocada.

Apesar de, em tese, as empresas possuírem profissionais especializados na área de Recursos Humanos, a contratação de novos colaboradores nem sempre acontece de forma eficaz.

Segundo estudo da Robert Half, nove em cada dez gestores brasileiros já fizeram contratações que não corresponderam às expectativas. Embora comum, esse tipo de erro pode trazer inúmeros prejuízos para a empresa.

Se você quer conhecer os principais prejuízos de uma contratação equivocada e de que forma consegue evitá-los, esse texto é para você!

Falaremos sobre 4 prejuízos de uma má contratação:

Prepare o seu café e bora conhecer melhor cada um deles!

Equipe com baixa produtividade

Contratações equivocadas geram altas taxas de turnover, índice que mede o número de colaboradores que saem de uma empresa em um determinado período.

Mas, afinal, por que isso é ruim para a empresa?

Quando um novo colaborador é contratado, é preciso dedicar tempo e atenção para que ele consiga se adaptar ao ambiente de trabalho. Desta forma, se a rotatividade for alta, dificilmente a equipe conseguirá entrar em um bom ritmo de trabalho

Além disso, até que os novos integrantes estejam familiarizados com as atividades, as pessoas mais antigas tendem a desenvolver atividades extras, o que pode levá-las à desmotivação e insatisfação no trabalho.

Para que esse prejuízo seja reduzido, é importante que os colaboradores sobrecarregados sejam reconhecidos por toda dedicação, e que o processo de Rampagem dos novos colaboradores seja ágil e eficaz.

 

Cultura organizacional enfraquecida

A compreensão dos valores e propósito da empresa pelos colaboradores é essencial para a manutenção da cultura organizacional e harmonia no ambiente de trabalho.

Um colaborador que não compreende e compartilha dos mesmos objetivos que os demais pode causar conflitos e prejudicar emocionalmente a equipe. Por isso, a contratação deve ser bastante criteriosa e estratégica.

A empresa deve avaliar, não somente as características técnicas, mas, principalmente, as características comportamentais durante o seu processo de Recrutamento e Seleção. Um bom programa de integração também pode ajudar no alinhamento das expectativas entre empresa e colaborador.

 

Custos elevados

Segundo o levantamento feito por Celso Bazzola, diretor executivo da Bazz Consultoria em RH, o prejuízo financeiro de uma contratação errada pode equivaler a 3 a 15 vezes o salário da pessoa demitida.

São inúmeros os encargos da rescisão contratual. E o investimento para uma nova contratação também pode ser bastante alto a depender das características da vaga.

Para a empresa que deseja se manter competitiva no mercado, gastos como esses devem ser evitados. Portanto, identificar as falhas existentes no processo de Recrutamento e Seleção deve ser uma prioridade da organização.

 

Imagem da empresa prejudicada

Você gostaria de trabalhar em uma empresa que substitui os seus colaboradores de forma recorrente? Provavelmente não. Isso acontece porque um ambiente que se apresenta instável deixa de ser atrativo para os melhores talentos do mercado.

A competitividade para conseguir bons profissionais cresce a cada dia, e, se uma empresa não for vista com bons olhos pelo mercado, dificilmente conseguirá desenvolver um processo de Recrutamento e Seleção que cumpra com as suas expectativas.

Um colaborador feliz em seu ambiente de trabalho é o principal promotor da imagem de uma empresa. Portanto, valorizar os recursos humanos e criar um ambiente saudável faz com que a empresa se torne mais atrativa para os bons profissionais.

Quer melhorar a gestão do seu processo de Recrutamento e Seleção?

Baixe agora o Canvas do Processo Seletivo e tenha o método FaçaAgora! para te acompanhar na jornada da construção do seu processo de Recrutamento e Seleção.

Recommended Posts